Sem reforma da Previdência, crescimento do PIB não chega a 2% em 2019, diz Ipea

2019-04-24T10:40:37+00:00 quinta-feira ,04/04/2019|

O Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) revisou para baixo a previsão de crescimento do PIB em 2019 – de 2,7% para 2,0%. E o crescimento de 2,0% só virá, segundo o Instituto, com a aprovação da reforma da Previdência. A revisão para baixo ocorreu porque os primeiros indicadores do ano mostram uma recuperação econômica ainda lenta e abaixo do esperado no fim de 2018.

Para demonstrar a importância da reforma da Previdência, os pesquisadores do Ipea fizeram simulações da dinâmica das contas públicas para os próximos anos. Sem reforma e sem alterar a regra de correção do salário mínimo, o espaço fiscal do Governo Federal, abaixo do teto de gastos, cairia de 150,8 bilhões de reais em 2019 para 50,8 bilhões de reais em 2023 por conta da expansão dos gastos obrigatórios.

O principal gasto que comprime o espaço fiscal é a Previdência. Por isso, na visão de José Ronaldo de Castro Souza Júnior, diretor de Estudos e Políticas Macroeconômicas do Ipea, a reforma é fundamental. “Em 2018 o teto não foi restritivo. Para 2019, a gente começa a cumpri-lo. Nos próximos anos, fica complicado”, alertou.

O Ipea calculou o impacto fiscal da PEC da Reforma da Previdência apresentada pelo governo. A economia, pelo lado da despesa pública, seria de 160 bilhões de reais de 2020 a 2023 (média 40 bilhões de reais por ano), em termos reais, ampliando o espaço fiscal. (com Agência Estado)

Mais Notícias OABPrev

A Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), aprovada em 2018, exigirá o cumprimento de seus termos por todas as pessoas jurídicas do Brasil a partir de 16 de agosto de 2020. A norma disciplina e regulamenta o uso de dados nas esferas pública e privada, baseando-se no [...]

A Abrapp (Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar) criticou alguns pontos do relatório apresentado pelo deputado Samuel Moreira (PDSB-SP), relator da PEC número 6 na Comissão Especial da Reforma da Previdência da Câmara dos Deputados. Eis a íntegra de nota divulgada pela Abrapp: A propósito do [...]

Pesquisa conjunta feita pelo Banco Central, a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) mostrou que as famílias brasileiras têm conversado mais sobre finanças. Segundo o levantamento, divulgado em abril último, 85% dos entrevistados discutem o orçamento familiar - ante 82% [...]

Fale com nosso chat