Previdência complementar fechada discute plano estratégico para o próximo triênio; gestores da OABPrev SP integram direção das entidades representativas do setor

2020-03-20T10:04:17+00:00 sexta-feira ,07/02/2020|

Foram dois dias de muito trabalho. Em 30 e 31 de janeiro, diretores e conselheiros da Abrapp (Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar), do Sindapp (Sindicato Brasileiro das Entidades Fechadas de Previdência Complementar) e do ICSS (Instituto de Certificação Institucional e dos Profissionais de Seguridade Social) reuniram-se para delinear o planejamento estratégico do setor para os próximos três anos. A reunião aconteceu no Centro Educacional Uniabrapp, em São Paulo.

O presidente da OABPrev SP, Marcelo Sampaio Soares, e o presidente do Conselho Deliberativo da mesma entidade, Jarbas de Biagi, participaram do workshop, orientado pela consultoria Nodal. Empossados na noite de 30 de janeiro, Soares integra a diretoria da Sindapp e Biagi, a da Abrapp.

“Em breve os itens do planejamento estratégico estarão enumerados e pormenorizados. Foram dois dias de debates profícuos, em que se enfatizaram os avanços e se traçaram as próximas ações, todas no sentido de levar a previdência complementar a um maior número de brasileiros, mediante gestões transparentes, rentáveis e seguras”, afirma Marcelo Soares.

Segundo Jarbas de Biagi, abordaram-se questões relacionadas a fomento e a políticas internas e externas de aproximação – ou seja, entre as próprias EFPCs e com a sociedade. “Buscaremos cada vez mais estender a proteção previdenciária para a sociedade brasileira. Temos questões importantes a serem definidas para que atinjamos a população que não dispõe de um plano de previdência complementar”, antecipa o dirigente.

Em sua explanação, o presidente da Abrapp, Luís Ricardo Marcondes Martins enumerou as ações prioritárias deflagradas pela Associação, em nome de todas as entidades componentes do setor, na última gestão (CNJ por plano, PEC da inscrição automática, proposta em conjunto com a Fipe para a reforma da Previdência, códigos de autorregulação, projetos de lei da incentivo tributário para o setor etc.).

Martins disse que o sistema fechado de previdência complementar conseguiu superar a estagnação diagnosticada em 2017, retomando o fomento e o crescimento. Agora, segundo o dirigente, o setor depara-se com uma ampla janela de oportunidades, mas também com grandes desafios, como a distribuição de planos para públicos cada vez mais amplos e a inovação tecnológica.

A solenidade de posse daqueles que dirigirão as entidades representativas do setor da previdência complementar fechada nos próximos três anos aconteceu na noite de 30 de janeiro no Sheraton São Paulo WTC Hotel. Conforme destacou Martins em seu discurso, o sistema conta com 2,8 milhões de participantes e 970 bilhões de reais em patrimônio sob sua gestão.

“Haverá a partir de agora um forte incremento do sistema, que está pronto para atender à demanda”, assinalou.

O presidente da Seção de São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil, Caio Augusto Silva dos Santos, esteve representado na solenidade pelo presidente da Subseção de Campinas, Daniel Blikstein, que é conselheiro da OABPrev SP.

Mais Notícias OABPrev

O estado é de máxima atenção com os movimentos da economia, mas a relação entre o participante e seu fundo de previdência complementar dura, regra geral, 50 anos, computados 25 ou 30 de acumulação e outros 25 ou 30 de gozo do benefício. Portanto, o que acontece no [...]

“Ninguém quis ser o último a apagar a luz da renda fixa. Migraram todos para a renda variável com um otimismo exagerado e entraram em pânico no primeiro estresse que o mercado sofreu em tempos, como costumam fazer marinheiros de primeira viagem”. A observação é de Vera Rita [...]

Quem tem dinheiro aplicado está preocupado, e não é para menos. Não há notícia na história recente dos mercados financeiros de volatilidade tão intensa quanto a que se vê agora nas Bolsas de Valores do mundo inteiro. As razões principais são conhecidas: o status de pandemia adquirido pelo [...]

Fale com nosso chat