Secretaria convoca audiência pública para discutir mudanças na previdência complementar

2018-07-25T12:00:47+00:00 quinta-feira ,12/07/2018|

A Secretaria de Previdência do Ministério da Fazenda  convocou para 27 de julho uma audiência pública para debater propostas de mudanças no Regime de Previdência Complementar (RPC). O debate acontecerá às 9h, no auditório principal do Ministério da Fazenda, em Brasília.

Segundo a Portaria Nº 26, as contribuições vão subsidiar a “formulação de políticas públicas visando ao desenvolvimento e aprimoramento da governança do regime complementar”. Serão discutidos temas como organização do regime previdenciário complementar; governança dos órgãos de regulação; supervisão estatal; aprimoramento da atual estrutura de gestão das empresas fechadas que operam o regime complementar e fortalecimento dos controles internos e de transparência do setor.

Segundo a Secretaria de Previdência, os fundos de pensão devem atuar sob a forma de fundações de direito privado ou de sociedade civil e não ter fins lucrativos, sendo responsáveis por administrar e operar planos de benefícios previdenciários criados por empresas (patrocinadoras) para seus empregados (participantes) ou por pessoas jurídicas de caráter profissional, classista ou setorial (instituidores) para seus associados.  (Agência Brasil)

Mais Notícias OABPrev

A Previc publicou na última terça-feira (11), no Diário Oficial da União, regras para fortalecer o controle dos registros contábeis das EFPCs. Fabio Coelho, diretor-superintendente do órgão, disse a jornalistas durante o 39º Congresso Brasileiro das Entidades Fechadas de Previdência Complementar), em Florianópolis,  que o objetivo é o [...]

Luís Eduardo Afonso propõe “milhagem” para aposentadoria e exalta papel dos fundos de pensão “Precisamos equacionar as finanças públicas. Sem isso não se constroem as bases do crescimento sustentável da nossa economia. E, neste momento, equacionar as finanças públicas significa fazer a reforma da Previdência Social”. A afirmação [...]

O setor da previdência complementar fechada, que já conta com base legal abrangente, avança no campo da governança ao buscar a elaboração e a implantação de regras de gestão que garantam ainda mais segurança aos participantes. Nesse sentido, a Previc (Superintendência Nacional de Previdência Complementar) finaliza uma resolução [...]