Central de
Atendimento
4002-0606 Capitais
0800 284 0606 Demais Localidades
Mire no futuro
Emita seu boleto agora
Confira o nosso
vídeo institucional
Escolha ser
mais feliz no futuro.
Faça como mais
de 43.426 participantes.
Com segurança
e tranquilidade.
E viva sua vida
mais feliz.
Notícias

SISTEMA DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR FECHADO FAZ 40 ANOS
2017-07-20

Aos 11 anos, OABPrev-SP destaca-se entre os planos instituídos por entidades de classe

 

      Em 15 de julho último comemorou-se 40 anos da regulamentação das entidades fechadas de previdência complementar no Brasil, que se deu com a edição da Lei 6.435. Sólido, o sistema hoje paga benefícios anuais superiores a R$ 42 bilhões a mais de 700 mil assistidos, protegendo mais de 7 milhões de pessoas. Suas reservas ultrapassam R$ 810 bilhões, valor equivalente a 12,9% do PIB. Os fundos de pensão brasileiros, 307 ao todo, formam o décimo sistema de previdência complementar do mundo.

         As EFPCs ganharam um arcabouço legal ainda mais moderno nos anos 1990, com a edição das Leis 108 e 109, as quais regulamentaram a portabilidade de recursos e criaram a figura do instituidor, estendendo o modelo a organismos de classes profissionais. No atual momento do país, em que uma proposta de reforma previdenciária desfigura-se no Congresso Nacional, aos entidades fechadas ganham ainda mais peso e precisam resistir a pressões de estagnação do segmento.

      “Precisamos voltar a ser ousados como foram os brasileiros de quatro décadas atrás. Só com ousadia, capacidade de inovar e força realizadora se constrói algo que será motivo de orgulho no futuro”, afirma o presidente da OABPrev-SP, Luís Ricardo Marcondes Martins, que também preside a Abrapp (Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar).

      As inovações a que Martins se refere englobam, entre outros avanços urgentes, o fortalecimento do Conselho Nacional de Previdência Complementar e algumas medidas de fomento do sistema, como a implantação da adesão automática e a flexibilização dos planos instituídos, permitindo-se o ingresso como participantes de familiares dos titulares até terceiro grau. Também é necessária a isonomia tributária, dizem os especialistas, em relação à previdência aberta, além de incentivos que atraiam mais empresas a tornarem-se patrocinadoras.

      “Temos um órgão de fiscalização, a Previc (Superintendência Nacional de Previdência Complementar), que precisa ter mais autonomia, virar uma agência, com mandatos para seus dirigentes”, acrescenta Luís Ricardo Marcondes Martins. O sistema de previdência complementar como um todo, adverte, não deve ser confundido com casos isolados e pontuais, quando ilícitos penais aparentemente foram praticados, e estão sob rigorosa investigação, como deve ser. “Temos mais de 300 entidades, o sistema é muito maior que esses pequenos casos excepcionais”, salienta Martins.

      Por meio da Abrapp, realizam-se várias ações de fomento do sistema, como mecanismos de capacitação de dirigentes, criação de uma universidade direcionada à previdência complementar e programas de certificação. Outra ferramenta é o Código de Autorregulação em Governança de Investimentos da Abrapp, ao qual a OABPrev-SP aderiu em junho último. Trata-se de um movimento no sentido da segurança, que reforça o compromisso do fundo da advocacia com as boas práticas gestão.

      As entidades que aderirem ao Código de Autorregulação em Governança de Investimentos, a exemplo da OABPrev-SP, devem possuir política de gestão que descreva os limites de exposição aos riscos e os respectivos órgãos competentes para sua avaliação, além de apontar as ferramentas de monitoramento utilizadas. As EFPCs também devem, conforme o Código, indicar quais providências serão tomadas em caso de não conformidade, além de oferecer programa de qualificação profissional aos seus quadros que lidem com a área de investimentos.

      Com 11 anos de atividade, a OABPrev-SP destaca-se entre os fundos de pensão instituídos por entidades de classe, principalmente por um fator: o ritmo de adesões ao plano continua vigoroso. No primeiro quadrimestre de 2017, as adesões superaram em mais de 50% as registradas no mesmo período de 2016. De janeiro a abril deste ano, 2.263 advogados ingressaram ou retornaram ao plano, contra 1.456 no ano passado. Hoje, já são mais 42,6 mil os participantes do fundo de previdência da advocacia, cujo patrimônio ultrapassa R$ 600 milhões.


  NOTÍCIAS ANTERIORES


2017-10-17
OABPREV-SP É MODELO PARA FUNDOS INSTITUÍDOS
2017-09-18
FUNDOS INSTITUÍDOS VÃO PUXAR A PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR FECHADA, DIZ VALOR ECONÔMICO
2017-09-04
CONHEÇA OS NOVOS CONSELHEIROS ELEITOS PELOS PARTICIPANTES E ASSISTIDOS DA OABPREV-SP
2017-08-21
ELEIÇÃO NA OABPREV-SP: VOTAÇÃO COMEÇA NESTA QUARTA-FEIRA
2017-08-17
AGENTES CREDENCIADOS DA OABPREV-SP
2017-07-20
ELEIÇÃO NA OABPREV-SP: PRORROGADO PRAZO PARA REGISTRO DE CANDIDATURAS
2017-07-20
SISTEMA DE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR FECHADO FAZ 40 ANOS
2017-07-20
CONSELHO DA OAB-SP HOMENAGEIA MARIA CÉLIA DO AMARAL ALVES
2017-07-12
NUNCA É TARDE PARA PENSAR NO FUTURO
2017-07-07
EDITAL DE CONVOCAÇÃO PARA ELEIÇÃO DE MEMBROS DO CONSELHO DELIBERATIVO E DO CONSELHO FISCAL DA OABPREV-SP
2017-06-28
OABPREV-SP AVANÇA NA GOVERNANÇA DE INVESTIMENTOS
2017-06-05
ADESÃO À OABPREV-SP EM 2017 É 50% MAIOR QUE EM 2016
2017-05-23
CONTAS DA OABPREV-SP SÃO APROVADAS
2017-05-10
DIRIGENTES DAS OABPREVS REÚNEM-SE EM JOÃO PESSOA
2017-04-20
OABPREV-SP BUSCA MAIOR RENTABILIDADE EM CENÁRIO DE QUEDA DE JUROS
2017-04-05
AUMENTAM AS ADESÕES À OABPREV-SP
2017-03-22
VISÃO ESTRATÉGICA DO CNPC TEM QUE PREVALECER NESTA QUARTA-FEIRA (22)
2017-03-14
OABPREV-SP IMPLANTA RESGATE PARCIAL
2017-02-10
DIRIGENTES DA OABPREV-SP ASSUMEM O COMANDO DAS ENTIDADES REPRESENTATIVAS DOS FUNDOS DE PENSÃO
2017-01-24
RENTABILIDADE DA OABPREV-SP É MAIS QUE O DOBRO DA INFLAÇÃO ANUAL
2017-01-10
600 ADVOGADOS ADEREM POR MÊS À OABPREV-SP

PARCEIROS

Rua Quinze de Novembro, 62 - Centro - São Paulo - SP - CEP 01013-000
Desenvolvido por
Stock & Info - Gerenciamento da Informação