Central de
Atendimento
4002-0606 Capitais
0800 284 0606 Demais Localidades
Mire no futuro
Emita seu boleto agora
Confira o nosso
vídeo institucional
Escolha ser
mais feliz no futuro.
Faça como mais
de 43.426 participantes.
Com segurança
e tranquilidade.
E viva sua vida
mais feliz.
Notícias

REBAIXAMENTO DO BRASIL NÃO COMPROMETE INVESTIMENTOS DA OABPREV-SP
2015-09-23

O rebaixamento da nota de crédito do Brasil pela agência de rating Standart & Poors não é uma boa notícia sob qualquer ponto de vista. A perda do grau de investimento pelo país, situação que se expande para diversas empresas nacionais, antes de tudo torna mais lenta a recuperação da economia nacional. Porém, no caso das entidades fechadas de previdência complementar donas de portfólio de investimento diversificado, como é o caso da OABPrev-SP, que visam ao longo prazo e priorizam a segurança, essas não deverão sofrer consequências mais graves, mesmo por que a queda da nota brasileira já era esperada. “O risco de rebaixamento já era um vetor que vinha sendo monitorado pela equipe de gestão. Assim, a despeito de impactos pontuais, acreditamos que a carteira da OABPrev-SP esteja ajustada para esse evento”, explica Bruno Horovitz, gerente comercial da Icatu Vanguarda, empresa que gere os investimentos do fundo de previdência dos advogados. “A atratividade dos investimentos precisa ser vista à luz do cenário econômico e do preço dos ativos. Acreditamos que os riscos ainda são elevados, mas algum valor já foi criado em uma série de ativos locais”, afirma. Segundo Horovitz, a grande repercussão na mídia do rebaixamento brasileiro contribui para o temor dos participantes de fundos de pensão, mas a OABPrev-SP mostra-se precavida. “Confiamos no nosso modelo de gestão para minimizar perdas e maximizar ganhos ao longo do tempo”, aposta o executivo da Icatu. Recentemente, a OABPrev-SP deu um passo importante em sua estrutura financeira, deixando os investimentos a cargo de 10 gestores, medida descentralizadora usual entre fundos detentores de patrimônio a partir de determinado patamar – no caso do fundo dos advogados, os recursos acumulados já se aproximam dos R$ 400 milhões. Os novos gestores dos investimentos da OABPrev-SP, além da própria Icatu Vanguarda, são Vinci Partners, BTG Pactual, Brasil Plural, BNP, Santander, Credit Suisse, Mongeral, Sul América e Safra. “A finalidade da diversificação é aumentar a rentabilidade e reduzir riscos e correlações entre estratégias”, observa Horovitz. O céu cinzento que cobre a economia brasileira pode ficar mais carregado se as outras duas agências de rating – Fitch e Moodys – acompanharem a S&P e retirarem do Brasil o selo de bom pagador. Se isso acontecer, as entidades fechadas de previdência complementar serão atingidas? “Este é um questionamento cuja resposta não é simples e muito menos óbvia. Dependendo de quando esses downgrades ocorrerem – se de fato ocorrerem – e diante de qual cenário acontecerem, poderemos ter diferentes reações do mercado e dos ativos”, avalia Bruno Horovitz, e vai além: “No tocante à macroeconomia, previsões de longo prazo sempre podem ser feitas. Contudo, por estarmos diante de um quadro político instável, as margens de erro de projeções tendem a ser maiores, elevando a margem de erro dos modelos”. Alertas – Que não se esperem, contudo, boas consequências para setor de previdência complementar fechada como um todo. Conforme projeções elencadas pelo atuário Antônio Fernando Gazzoni, especialista em fundos de pensão, o ritmo mais lento a partir de agora da recuperação da economia brasileira tornará mais difícil que empresas passem a oferecer planos de previdência a seus empregados. Em seu estudo, Gazzoni cita o exemplo de Portugal, que em 2013 viu refletida no emprego a reclassificação de sua nota de crédito, entre outros fatores. “Se cenário semelhante vier a acontecer no Brasil, naturalmente isso restringirá o ingresso de novos participantes e, a depender da severidade, poderá até mesmo acarretar a redução do número de participantes dos fundos de pensão e de seus respectivos volumes de reserva. Ao deixarem seus empregos, os participantes podem resgatar suas poupanças e se desligar dos planos de benefícios”, alerta Gazzoni. O especialista enxerga, neste momento, a necessidade de flexibilizar as normas que regem as entidades fechadas de previdência complementar, de modo a que não sejam sacrificados participantes, assistidos e patrocinadores e que não haja perda de segurança em relação aos planos de benefícios. “Nesse contexto, o segmento vem trabalhando há algum tempo, como maior aceleração desde 2014, na mudança das regras de solvência das EFPCs, sendo que, no momento, aquelas que vêm sendo exaustivamente debatidas e testadas entre governo e sociedade civil estão muito próximas de serem apreciadas pelo Conselho Nacional de Previdência Complementar. Espera-se que entrem em vigor mesmo que opcionalmente ainda neste exercício, observando os resultados do final do exercício de 2014”, relata Gazzoni.

 


  NOTÍCIAS ANTERIORES


2015-12-15
MESMO NA CRISE, UM ANO PROMISSOR PARA A OABPREV-SP
2015-12-03
CNPC APROVA RESGATE PARCIAL DE RECURSOS NOS FUNDOS INSTITUÍDOS DE PREVIDÊNCIA
2015-12-01
OABPREV-SP DEFENDE APROVAÇÃO DO RESGATE PARCIAL DE RECURSOS NOS FUNDOS INSTITUÍDOS DE PREVIDÊNCIA
2015-11-04
A MAIS NOVA INTEGRANTE DA OABPREV-SP
2015-10-06
OABPREV-SP E PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR SÃO TEMA DE PALESTRA NA SECIONAL
2015-09-23
REBAIXAMENTO DO BRASIL NÃO COMPROMETE INVESTIMENTOS DA OABPREV-SP
2015-09-09
AUDIÊNCIA PÚBLICA NO STJ DISCUTE PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR
2015-08-25
OABPREV-SP REGISTRA MAIS DE 500 ADESÕES EM JULHO
2015-08-11
BOLETIM INFORMATIVO DO FUNDO DE PREVIDÊNCIA DOS ADVOGADOS Nº 147
2015-07-31
ENCONTRO NACIONAL REUNIRÁ ADVOGADOS QUE ATUAM NA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR
2015-07-01
CNPC DEVERÁ AUTORIZAR RESGATE PARCIAL DE RECURSOS NA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR
2015-06-17
AUTORIDADES DO SETOR APOSTAM NO CRESCIMENTO DA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR
2015-06-02
SUPERINTENDENTE DA PREVIC DEFENDE “ESTADO APOIADOR DA PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR” E ELOGIA OABPREV - SP
2015-06-01
GESTORES E INSTITUIDORES DA OABPREV - SP DISCUTEM A PREVIDÊNCIA DOS ADVOGADOS
2015-04-27
ADVOCACIA CONSTERNADA PELA MORTE DE CARLOS ROBERTO MATEUCCI
2015-04-14
DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS ATESTAM EXCELÊNCIA ADMINISTRATIVA DA OABPREV-SP
2015-04-09
CNPC ESTENDE A PREVIDÊNCIA FECHADA PARA FUNCIONÁRIOS DAS ENTIDADES INSTITUIDORAS
2015-04-01
OABPREVS INTEGRAM NOVA COMISSÃO DA ABRAPP
2015-02-24
RESGATE PARCIAL DE RECURSOS DOS FUNDOS INSTITUÍDOS ESTÁ EM PAUTA NO CNPC
2015-02-03
MESMO COM MERCADO VOLÁTIL, RENTABILIDADE DA OABPREV-SP APROXIMA-SE DE 10% EM 2014
2015-02-03
JARBAS DE BIAGI RECEBE HOMENAGEM DOS FORMANDOS EM DIREITO DA UNIP
2015-02-03
CONSOLIDADA E MODERNA, PREVIDÊNCIA COMPLEMENTAR NO BRASIL TEM GRANDE POTENCIAL DE CRESCIMENTO
2015-02-03
NOVO MINISTRO DA PREVIDÊNCIA DEVERÁ APROFUNDAR DIÁLOGO COM OS FUNDOS DE PENSÃO

PARCEIROS

Rua Quinze de Novembro, 62 - Centro - São Paulo - SP - CEP 01013-000
Desenvolvido por
Stock & Info - Gerenciamento da Informação