“A retomada econômica vai depender da nossa capacidade de vacinar a população”, diz ex-presidente do Banco Central

2020-11-24T16:58:13+00:00 terça-feira ,17/11/2020|

Ao participar ao painel “Brasil e Mundo Pós Covid: Desafios Econômicos e Sociais”, no primeiro dia do 41º Congresso Brasileiro de Previdência Privada”, o economista Ilan Goldfajn, ex-presidente do Banco Central (governo Temer), disse que “quem vai definir o destino da nossa retomada é o vírus”. Para Goldfajn, o rumo da economia brasileira dependerá da “nossa capacidade de continuar a produzir, o que está relacionado com a segundo onda que já estamos vendo”.

“A retomada econômica vai depender da nossa capacidade de vacinar a população, que será conhecida no ano que vem. As políticas fiscal e monetária, neste momento, são coadjuvantes”, advertiu Goldfajn.

Ao lado dele no painel estiveram Bruno Bianco Leal, secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, e Gustavo Loyola, sócio-diretor da Tendências Consultoria Integrada.

Segundo Leal, os problemas decorrentes da pandemia “foram amenizados por uma política muito bem feita na pré-pandemia”, o que propiciou, na sua avaliação, manutenção de empregos, de empresas e de postos de trabalho.

“As empresas já começam a contratar, e houve criação de novas vagas já a partir de junho. Há uma recuperação em ‘V’ do mercado de trabalho”, notou o representante do governo, destacando a concessão do auxílio emergencial de 600 reais à parcela da população desprotegida: “Foi uma medida oportuna e necessária, que ajudou milhares de famílias e manteve a economia pulsando”.

Já na opinião de Gustavo Loyola, “a recuperação recente da economia não vai nos tirar de uma recessão em 2020, com sequelas muito graves em termos de emprego e renda, além de empresas que fecharam as portas”.

“2021 não será um ano simples. Os estímulos fiscais serão retirados, as transferências diretas ficarão restritas ao Bolsa Família. Nossos desafios têm de ser atacados por reformas, como a tributária, sem as quais não haverá aumento da produtividade”, alertou Loyola.

Mais Notícias OABPrev

Para aperfeiçoar a comunicação com seus participantes, a OABPrev-SP lançou em maio de 2019 um novo dispositivo eletrônico - o chat online, em que é possível tirar dúvidas, obter informações detalhadas sobre o plano, solicitar segunda via de documentos, como acessar a área exclusiva ou o app Meu [...]

Desde junho de 2018, a OABPrev SP não cobra taxa de administração dos seus contribuintes – a própria entidade arca com os custos administrativos, diferentemente do que fazem as outras entidades de previdência complementar. “Graças à solidez que alcançamos e depois de um estudo que nos deu segurança [...]

A gestão da OABPrev SP que se encerra em dezembro de 2020 carregará algumas marcas indeléveis, como a da inauguração da nova sede da entidade, em junho de 2018, e o alcance dos 50 mil participantes, em novembro de 2019, numero que hoje subiu para 51.318, perfazendo um [...]

Fale com nosso chat